Home
 
 
 
 
 
 
 

26/03/2019 

              A Importância do Progresso Espiritual do Crente

Cl. 1.3-14

Int.- O Apóstolo Paulo escreveu a Epístola aos Colossenses enquanto estava preso em Roma. O intuito de Paulo era trazer uma advertência acerca das falsas doutrinas, pois muitas heresias estavam entrando na igreja e preocupavam o apóstolo.

      O Apóstolo Paulo faz neste capítulo um, uma oração pelo progresso espiritual dos crentes da igreja de Colossos. Era a preocupação do Apóstolo Paulo o progresso espiritual dos crentes daquela igreja.

I- A Oração do Apóstolo Paulo.

V. 3: Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós.

- Paulo alegra-se pelas boas noticias dos irmãos da igreja de Colossos.

V. 4: Porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e da caridade que tendes para com todos os santos.

V. 5: Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho.

- Note as palavras prediletas de Paulo: fé, amor e esperança, que ele usa com frequência.

- Ele deseja que todos tenham fé em Cristo, amor para com os outros e a esperança do céu.

- Paulo fala do segredo da vida mais profunda que, como crentes, devemos ter em Cristo.

V. 23: Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.

- Se as nossas raízes estiverem bem fundadas e seguras, quando as tempestades vierem contra nós, não nos farão mal nenhum, porque as nossas raízes estão profundas.

- As raízes do crente devem estar enraizadas em Cristo Jesus. Ele é a fonte da sua vida.

V. 6: Que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade.

- O crente ligado em Cristo frutifica.

Jo. 15.5: Eu sou a videira; vós, as varas. Quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto, porque sem mim nada podeis fazer.

II- Características da Oração de Paulo aos Colossenses.

V. 9: Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual.

1- Primeiro Passo Para o Progresso Espiritual do Crente:

- Ser Cheio do Conhecimento da Vontade de Deus.

- É de suma importância o crente saber qual é a vontade de Deus.

- E a vontade de Deus está revelada na Sua Palavra.

Ef. 5.17: Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.

- Como crentes nós temos que ir em busca da vontade de Deus.

- Não a vontade mística, mas moral, revelada.

- Não uma opção, mas uma ordem.

- Que entendamos a vontade na Palavra de Deus.

- Deus está disposto a nos ensinar a fazer a Sua vontade.

Sl. 143.10: Ensina-me a fazer a tua vontade, pois és o meu Deus; guie-me o teu bom Espírito por terra plana.

- Quando o crente tem o conhecimento da vontade de Deus, fica mais fácil pratica-la.

Rm. 12.2: E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

- O Senhor tem para nós uma boa, agradável e perfeita vontade de Deus para que tomemos posse.

- A transformação do entendimento vai nos levar a experimentar essa boa vontade de Deus para a nossa vida.

- Aquele que faz a vontade de Deus tem garantido uma vida eterna no céu.

I Jo. 2.17: E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

- Quer ser cheio do conhecimento da vontade de Deus?

a) Leia a Bíblia diariamente.

b) Frequente assiduamente a Escola Dominical.

c) Participe dos Cultos de Doutrina.

d) Ouça com muita atenção toda pregação e estudo da Palavra.

Jo. 14.26: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.

V. 10: Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus.

2- Segundo Passo Para o Progresso Espiritual do Crente:

- Andar Dignamente Diante do Senhor.

- Viver de modo digno é o resultado natural de uma vida vivida pelo poder de Deus, pela dependência de Deus, pela posição e posse do cristão em Cristo.

- Sempre Paulo constrói a prática sobre o alicerce da nossa posição em Jesus.

- Andar digno significa equilibrado, ou seja, em conformidade com o que somos.

- Há coerência, consistência, sinceridade.

- A vida de Cristo em nós produz um equilíbrio em que a nossa posição equivale a nossa conduta.

Ef. 4.1: Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados.

- Somos convidados a andar de acordo com o nosso chamado.

Fp. 1.27: Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.

- Paulo aqui aconselha os crentes de Filipos a portarem-se conforme o evangelho de Cristo.

- Quer na presença ou quer na ausência.

Ef. 5.8: Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz.

- Andar dignamente diante do Senhor é andar como filho da luz.

- O filho da luz vive na retidão.

- O filho da luz vive na verdade.

- O filho da luz vive em comunhão com o seu irmão.

- O filho da luz da um bom testemunho.

I Jo. 2.6: Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.

- A maior prova que o crente está convertido é o seu andar.

- Há um ditado que diz: “Me diga com quem andas, e direi quem tu és!”

- O crente que tem Jesus deve andar como ele andou.

3- Terceiro Passo Para o Progresso Espiritual do Crente:

- Crescer no Conhecimento de Deus.

Os. 6.3: Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor; como a alva, será a sua saída; e ele a nós virá como a chuva a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.

- O crente precisa crescer na intimidade com Deus.

- Aqui diz: conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor.

- O crente não pode parar de crescer no conhecimento de Deus.

- Amados esse crescimento nos é passado pelo Espírito Santo de Deus quando oramos, quando estudamos a bíblia. Com isso vamos conhecendo quem é Deus, os seus planos e propósitos para a nossa vida.

- Crescemos no conhecimento de Deus por meio da convivência com a igreja, pois existe união e harmonia entre todos, pois somos filhos de Deus, e isso consiste em amarmos uns aos outros.

- Cada um, portanto, deve amar, respeitar, servir, cooperar, amparar, perdoar uns aos outros para o bem de todos.

- Crescemos no conhecimento de Deus por meio de cultos, pois é o momento onde nos fortalecemos na fé, pois temos nossos irmãos conosco, louvando ao único Deus. No culto podemos orar uns pelos outros, per e ouvir a Palavra de Deus, louvar a Deus com cânticos, instrumentos e com a nossa voz. Isso resulta em crescimento espiritual.

- Crescemos no conhecimento de Deus por meio do serviço cristão, onde nos ocupamos em executar trabalhos para o reino de Deus e com outras pessoas trabalhando em departamentos, há comunhão. Isso também resulta em crescimento cristão.

- Para um bom crescimento cristão e uma boa comunhão com Deus, temos que buscá-lo, orar, passar tempo diário com Ele e meditar em Sua Palavra, pois ela é lâmpada para os nossos pés e com ela não tropeçaremos, andaremos sempre pelo caminho de Deus.

II Pe. 3.18: Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém.

Conclusão: O crente dando esses passos vai estar crescendo espiritualmente, fazendo a vontade de Deus e tendo vitória em sua vida.

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos