Home
 
 
 
 
 
 
 

25/08/19

                                  O Nosso Redentor é Forte                                  

Jr. 50.34

Int.: A nação de Judá estava no cativeiro na Babilônia, por ter se afastado de Deus e adotado os ídolos das nações vizinhas; Deus permitiu que o seu povo escolhido fosse para o cativeiro.

II Cr. 15.1: O Senhor está convosco, enquanto vós estais com ele, e, se o buscardes, o achareis; porém, se o deixardes, vos deixará.

      Isso aconteceu com a nação de Judá, eles haviam deixado o Senhor.

      E estavam agora sofrendo no cativeiro babilônico as consequências do seu afastamento: Estavam em terra estranha, que não era a sua terra; a cultura babilônica e pagã era totalmente diferente para eles; a língua desse país era uma outra língua; a comida dessa nação era uma outra comida.

      O povo judeu chorava a beira dos rios de Babilônia, lembrando da sua terra.

Sl. 137.1: Junto aos rios de Babilônia nos assentamos e choramos, lembrando-nos de Sião.

      Para o povo judeu era só tristeza e choro no cativeiro.

Sl. 137.4: Mas como entoaremos o cântico do Senhor em terra estranha?

      A esperança do povo judeu no cativeiro estava se acabando.

      O povo não via uma saída para a sua situação.

      Babilônia era o império que dominava o mundo naquela época.

      O povo que um dia servira a Deus, agora estava derrotado vivendo no cativeiro na nação inimiga.

      O profeta Jeremias havia profetizado alertando a nação do cativeiro eminente, e o povo não havia dado ouvidos ao profeta.

      Na angústia que o povo estava vivendo no cativeiro, Deus viu o seu sofrimento e trouxe uma mensagem de esperança para o povo.

Lm. 3.31: Porque o Senhor não rejeitará para sempre.

      Deus usava o profeta Jeremias para dizer ao povo que o cativeiro do povo não seria para sempre.

- O cativeiro tinha um início e tinha um fim.

- Deus se lembrava do seu povo e do concerto que fizera com Abraão, Isaque e Jacó.

Sl. 119.89: Para sempre, ó Senhor, a tua palavra permanece no céu.

- O que quer dizer isso?

- Que no céu ela não se corrompe, que ela tem valia.

- O que Deus falou no passado tem validade permanente.

I- O Redentor de Israel é Forte.

V. 34: Mas o seu Redentor é forte, o Senhor dos Exércitos é o seu nome.

- Somente o Redentor de Israel e de Judá poderia reverter o que a Babilônia tinha feito.

V. 33: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Os filhos de Israel e os filhos de Judá foram oprimidos juntamente; e todos os que os levaram cativos os retiveram, não os quiseram soltar.

- Mas o Redentor do seu povo é forte, e o nome dele é Deus Eterno, Senhor dos Exércitos.

- É Ele quem controla os eventos da história da humanidade.

- Deus é mais poderoso que qualquer nação poderosa e está atento para nos defender.

- Redentor é aquele que liberta ou salva alguém da dificuldade, perigo ou servidão.

Is. 41.14: Não temas, ó bichinho de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel.

- O Senhor falou ao seu povo por meio do profeta Jeremias. Ele disse que o povo que estava sofrendo perseguição seria libertado pelo Senhor.

- Os grandes feitos do Senhor seriam contados por todos.

- Deus tem feito coisas grandiosas e elas merecem ser contadas a todos.

- Quem anda com Deus é testemunha dos seus feitos poderosos e acredita sempre em seu poder.

- Na Bíblia lemos que Deus fez a terra com o seu poder, firmou o mundo com sabedoria e estendeu os céus com entendimento.

Jr. 10.12: Ele fez a terra pelo seu poder; ele estabeleceu o mundo por sua sabedoria, e com a sua inteligência estendeu os céus.

- Deus tem feito coisas grandiosas em nossa vida.

- Em Jeremias 50, o Senhor Deus anuncia juízo contra a Babilônia, a mesma nação que Ele utilizou para trazer juízo contra seu povo.

- É muito importante percebermos que o nosso Deus está no controle de todas as coisas. Por mais que não entendamos Ele é Soberano e sabe o que é melhor para nós. Além disso, por maior e mais poderoso que sejam os governantes terrenos, nada se compara ao grande poder de Deus.

- No versículo fala: “O Senhor dos Exércitos é o seu nome”.

- Quer dizer o nosso Deus comanda todos os exércitos.

- O nosso Deus vence todas as batalhas.

II- O Redentor de Israel Sempre Agiu Para Salvar o Seu Povo.

1- No tempo do reinado do rei Ezequias.

- Senaqueribe rei da Assíria invadiu a nação de Judá e tomou todas as cidades fortes.

- Porém o rei Ezequias confiou no Senhor seu Deus, o Redentor de Israel e de Judá e clamou a Deus.

- E Deus enviou o profeta Isaías para dizer ao rei Ezequias: “O que me pediste acerca de Senaqueribe, rei da Assíria, eu o ouvi”.

- É maravilhoso amados, quando somos ouvidos pelo Senhor.

II Rs. 19.35: Sucedeu, pois, que naquela mesma noite saiu o anjo do Senhor e feriu no arraial dos assírios a cento e oitenta e cinco mil deles; e, levantando-se pela manhã cedo, eis que todos eram corpos mortos.

- O Redentor do seu povo havia agido para salvar a nação.

2- No tempo de Josué houve uma guerra de Israel contra cinco reis.

- Josué com o exército de Israel foram socorrer os homens de Gibeão.

- Era Israel contra todos os reis dos amorreus.

- Só que Josué confiou em Deus o Redentor de Israel.

Js. 10.8: E o Senhor disse a Josué: Não os temas, porque os tenho dado na tua mão; nenhum deles parará diante de ti.

- O Senhor dos Exércitos, o Redentor de Israel, pelejava pelo seu povo.

- O que aconteceu de extraordinário? Deus mandou uma chuva meteoritos sobre os amorreus.

Js. 10.11: E sucedeu que, fugindo eles diante de Israel, à descida de Bete-Horom, o Senhor lançou sobre eles, do céu, grandes pedras até Azeca, e morreram; e foram muitos mais os que morreram das pedras da saraiva do que os que os filhos de Israel mataram à espada.

- O Redentor de Israel pelejou pelo seu povo e matou os inimigos.

3- Jó na sua provação confiou no seu Redentor.

- Jó na sua provação perdeu os seus filhos, os seus servos, os seus bens e ainda ficou extremamente doente, de uma chaga desde a planta dos pés até ao alto da cabeça.

- Mas Jó não blasfemou de Deus e nem pecou.

- Jó confiou no seu Redentor forte.

Jó 19.25: Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.

- Jó não deixou de confiar em Deus em meio às provações.

- Deus mudou o seu cativeiro e lhe concedeu tudo em dobro.

III- No Tempo da Graça o Nosso Redentor é o Senhor Jesus.

- Jesus veio dar a sua vida em resgate de muitos.

Mc. 10.45: Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.

- Por isso, que o apóstolo Paulo afirma que os crentes têm a redenção, pelo seu sangue.

Ef. 1.7: Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça.

- O nosso Redentor, o Senhor Jesus, deu a sua vida para nos salvar.

- O teu Redentor é forte.

- Foi isso que anunciou Jeremias para a nação.

- Forte para nos dar vitória contra Satanás.

- Forte para nos dar vitória contra as aflições da vida.

- Forte para nos dar vitória diante das enfermidades.

- No tempo do Antigo Testamento o parente mais chegado, era considerado o redentor daquela pessoa, para a resgatar.

- O redentor da pessoa poderia ser uma pessoa pobre e desprovida de recursos.

- Jeremias está dizendo que o nosso Redentor é forte.

- Ele pode fazer todas as coisas.

- Não tem nada que Ele não possa fazer.

- Quando Sadraque, Mesaque e Abednego foram jogados dentro da fornalha de fogo ardente por Nabucodonozor, por eles não quererem se curvar diante da sua estátua, diz a Bíblia que o rei Nabucudonozor olhou para dentro da fornalha e viu quatro homens passeando no meio do fogo, e o aspecto do quarto homem era semelhante ao filho dos deuses.

- O Redentor forte do seu povo entrou na fornalha com os seus servos para salvá-los.

Conclusão: Jesus prometeu estar conosco todos os dias até a consumação dos séculos.

- Você vai trabalhar, Jesus vai com você.

- Você vai para escola estudar, Jesus vai com você.

- Você vai fazer uma viagem, Jesus vai com você.

- Você vai para o hospital para ser internado, Jesus vai com você.

- O teu Redentor não te abandona jamais.

- O teu Redentor atravessa com você o vale da sombra da morte.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos