Home
 
 
 
 
 
 
 

19/02/2019 

           A Importância do Crente Exalar o Perfume de Cristo

II Co. 2.14-17

Int.- O perfume é uma substância conhecida pelo homem desde os tempos antigos, desde que alguém sentiu o cheiro de uma flor ou a resina de uma árvore o perfume já era valorizado.

      Suas qualidades são tão excelentes que ele foi usado durante muito tempo como remédio (hoje ainda ouvimos falar da aromaterapia), existe até um ramo da ciência moderna que se ocupa do estudo dos odores e aromas que é a Osmologia. O perfume também foi usado como oferta a Deus, através da queima de óleos e certas plantas. A queima de incenso tinha lugar de destaque na prática no culto judaico.

      Certos perfumes, em razão de seu aroma e de sua exclusividade alcançam um elevado preço. Outros, por serem mal feitos acabam por terem um odor desagradável, um cheiro muito ruim, e incomodam ao invés de perfumarem.

      O Apóstolo Paulo trata nestes versículos do único perfume que pode decidir o destino das pessoas na eternidade, entre morte e vida, este é o perfume espiritual que é Cristo.

      Aqui a palavra “perfume” é uma comparação, uma metáfora para o evangelho de Cristo, que devia ser levado a todas as pessoas, é desse perfume que vamos tratar.

Ct. 2.1: Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales.

- Jesus é um perfume precioso e raro e também um perfume simples e fácil de achar.

I- Só Obtemos o Perfume de Cristo em Contato Com o Próprio Cristo.

V. 14: E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar o cheiro do seu conhecimento.

      Jesus nos comissionou a levarmos as suas boas novas.

Mc. 16.15: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

      O evangelho que Jesus nos deixou, as boas novas, o Apóstolo Paulo metaforicamente chama de perfume. Essa figuração de “perfume” nos faz pensar que para levar alguma coisa nós precisamos ter algo para levar. Então como obter esse perfume tão precioso?

      Você já ouviu aquela frase: “Sempre fica um pouco de perfume nas mãos de quem oferece flores”.

- Quando estamos em um local fechado, próximo a uma pessoa que esteja usando um perfume, ou quando abraçamos alguém perfumado, parte daquela fragrância acaba ficando impregnada na nossa roupa.

- Espiritualmente falando, com o perfume de Cristo não é diferente, assim como o aroma do perfume se transmite pela proximidade, pelo contato com aquilo que é perfumado, o aroma de Cristo é transmitido pelo contato, pela proximidade que temos com Cristo.

- O Evangelho não é algo para se aprender apenas intelectualmente, ele deve ser vivido, uma vida de comunhão com Cristo é que vai nos assegurar que tenhamos o que levar às pessoas.

- O evangelho não é um produto, uma fragrância barata que possa ser engarrafada, etiquetado e receber em selo de qualidade. Para recebermos o puro evangelho de Cristo, devemos nos achegar a Cristo, em oração e na meditação diária das sagradas escrituras.

- A nossa proximidade com Cristo é que vai nos fornecer este doce perfume: quanto mais próximos, mais perfume; quanto mais longe, menos perfume; se muito longe, nenhum perfume.

- O crente não pode ficar inodoro, ou seja, sem o cheiro de Cristo, nós não fomos resgatados das garras do pecado para vivermos uma vida alheia ao evangelho de quem nos salvou da morte eterna, nós precisamos nos lembrar que nós não somos flores.

- Nós não possuímos perfume próprio. Cristo é quem nos fornece tal perfume, o evangelho é dele, tudo é dele, inclusive nós. Nós nos parecemos mais com frascos, recipientes, onde o perfume é depositado para ser distribuído às demais pessoas.

- Uma frase que o saudoso Pastor Fanini dizia era que: Biblia + Oração = a Santificação.

- Nós podemos dizer o seguinte: Bíblia + Oração = a um evangelista, pronto para levar o perfume do evangelho de Cristo a todas as pessoas, porque recebeu o evangelho, o perfume de Cristo pela meditação nas Sagradas Escrituras e pela prática diária da oração, alguém que foi perfumado pela presença de Cristo em sua vida, alguém que como Paulo pode dizer:

Gl. 2.20: Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.

- Esta é a frase de alguém perfumado pelo evangelho de Cristo, pronto para leva-lo a todo o mundo.

II- O Perfume de Cristo Deve Ser Usado Constantemente.

- Nós não podemos escolher o momento em que vamos usar o perfume de Cristo.

- Os perfumes comuns nós podemos comprá-los aos montes, armazená-los e usar conforme a ocasião, um perfume mais encorpado para um clima mais frio, outro mais suave para climas mais quentes, um perfume para o dia e outro para a noite, um para vir à Igreja e outro para o trabalho.

- Com o perfume de Cristo não é assim. Nós não temos a liberdade de engarrafá-lo e usá-lo apenas nos dias de culto.

- Como dizendo: Há, daqui a pouco tem culto vou passar um pouquinho do perfume do evangelho e vou para a Igreja, cadê minha Bíblia, tem uma semana que não vejo a coitada. Preciso lembrar-me de orar antes de começar o culto, faz tanto tempo que não faço isso.

- Então a pessoa escolhe o perfume cristão que vai usar: Um dia é um crente fervoroso, outro é um crente mais ou menos. Se no culto tiver muito louvor, bem animado, então o perfume é mais forte, se tem uma pregação mais longa então o perfume acaba mais rápido, não há perfume crente que resista.

- O que nós precisamos pensar é que perfume, quando é verdadeiramente de Cristo, deve ser usado 24 horas por dia, o tempo todo. Cristão deve cheirar a Cristo. Nós precisamos viver de tal forma que quando as pessoas nos olhem sintam que somos cristãos.

I Pe. 2.12: Tendo o vosso viver honesto entre os gentios, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem.

- Essa é uma prova de que estamos usando o perfume de Cristo e, principalmente, o estamos levando a outras pessoas.

- Alguns crentes pensam que por estarem longe, viajando, estão de férias também do Cristianismo, dizendo: “Hoje eu não sou crente, tô de férias”.

II Ts. 3.5: Ora, o Senhor encaminhe os vossos corações na caridade de Deus e na paciência de Cristo.

- Nós precisamos viver o evangelho diariamente, nós não podemos nos contentar com a dose dominical do evangelho. Nós não comemos o alimento material apenas aos domingos e nas terças-feiras à noite. Se não separarmos um momento diário para meditação na palavra de Deus e oração, enfraqueceremos.

- Não podemos ser ingênuos, o evangelho de Cristo, esse maravilhoso perfume do qual Paulo fala, deve ser usado todos os dias.

III- O Crente Deve Levar o Perfume de Cristo a Todas as Pessoas.

V. 15: Porque para Deus somos o bom cheiro de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem.

- Quer dizer: o crente deve exalar o perfume de Cristo no meio dos salvos, dentro da igreja; e deve exalar o perfume de Cristo no meio dos que precisam ser salvos, no meio dos incrédulos.

Mt. 5.16: Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

- Quando o crente pratica as boas obras, ele está exalando o bom cheiro de Cristo.

- O perfume de Cristo deve ser levado a todas as pessoas.

Mt. 28.19: Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

- O texto que lemos nos traz essa reflexão, de tornarmos Cristo conhecido a todas as pessoas, não somos nós que fazemos a obra, a conversão é fruto da atuação sobrenatural do Espírito Santo, nós apenas levamos o perfume, não o aplicamos às pessoas.

- Devemos lembrar que é o Espírito Santo de Deus que convence o homem do pecado, da justiça e do juízo, nossa missão é espalhar o perfume de Cristo, a todas as pessoas, indistintamente e constantemente.

Is. 43.10: Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e o meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

- Deus te escolheu para ser uma testemunha dele nesta terra, para exalar o bom cheiro de Cristo.

Ef. 5.2: E andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

- O crente exala o perfume de Cristo quando manifesta o amor de Deus através da sua vida.

- O crente da mais testemunho de Cristo neste mundo através do seu amor manifesto.

Ef. 5.1: Sede, imitadores de Deus, como filhos amados.

Conclusão:

1- Qual sua proximidade com Cristo? Você está perto o suficiente para que o perfume de Cristo fique impregnado em você?

2- Você tem separado, todos os dias, um momento para meditar na palavra de Deus e para orar? Você tem perseverado nessa atividade?

3- Você tem levado o suave perfume do evangelho de Cristo a todas as pessoas?

- Que Deus nos abençoe e nos use para levar o suave perfume do Evangelho de Cristo a todas as pessoas.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos