Home
 
 
 
 
 
 
 

16/02/2021 

                           Fazei Tudo Para a Glória de Deus

I Co. 10.31-33

Int.- Aceitamos a Jesus como Salvador pessoal, nascemos de novo, fomos transformados em uma nona criatura. Passamos a ser morada de Deus; passamos a carregar conosco o Espírito Santo de Deus.

      Passamos a ter uma responsabilidade muito grande, porque passamos a ser representantes de Deus nessa terra.

      Nossas atitudes e movimentos são acompanhados pelas pessoas.

- Nossa maneira de viver, de tratar a família, de se relacionar com o mundo, é observada pelas pessoas.

      Em nosso trabalho os colegas observam nossas atitudes e comportamento. A nossa responsabilidade agora é muito grande.

Mt. 5.14: Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte.

- Não conseguimos se esconder das pessoas.

- Somos vistos por todo o mundo, porque agora somos a luz do mundo.

V. 16: Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

- O crente através das suas boas obras glorifica a Deus.

- O crente agora em tudo que faz deve glorificar a Deus que está nos céus.

- A glória de Deus agora é o nosso alvo.

- Em todas as ações e planos da vida; quais quer que sejam seus planos, desejos e ações, tudo seja feito para a glória de Deus.

- Faça tudo para a glória de Deus: A frase: “Glória de Deus” é equivalente à honra de Deus; e a direção é que devemos agir em todas as coisas à honra para honrá-lo como Legislador, nosso Criador, nosso Redentor; e de modo a guiar outros pelo nosso exemplo e louvá-lo e a abraçar seu evangelho.

- O crente não deve se exaltar e se orgulhar pelos seus feitos e obras.

Mt. 23.12: E o que a si mesmo se exaltar, será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.

- A soberba leva o homem a queda e a ruína.

Pv. 16.18: A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.

- O orgulho não faz bem ao crente.

- A altivez do espírito precede a queda.

I- A Natureza Humana Quer Se Exaltar.

- Todo ser humano quer ser reconhecido.

- O ser humano quer ser elogiado pelos seus feitos.

- O orgulho do homem leva-o a sentir inveja dos que são mais abençoados.

I Sm. 18.7: E as mulheres, tangendo, respondiam umas às outras, e diziam: Saul feriu os seus milhares, porém Davi, os seus dez milhares.

V. 8: Então Saul se indignou muito, e aquela palavra pareceu mal aos seus olhos; e disse: Dez milhares deram a Davi, e a mim somente milhares; na verdade, que lhe falta, senão só o reino?

- O orgulho de Saul o levou a ter inveja de Davi e a quer matá-lo.

- Foi aqui que Saul começou a cair.

- A altivez de espírito precede a queda.

- Como crente não devemos ter inveja das pessoas.

Pv. 23.17: Não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes, sê no temor do Senhor todo o dia.

- O soberbo será abatido.

- O orgulhoso cava a sua própria cova.

- A inveja do próximo, leva a pessoa a um sofrimento desnecessário.

- A Bíblia diz: Que aquele que se humilha será exaltado.

- Amados viemos a este mundo sem nada trazer.

- O que alcançarmos nesta vida é lucro.

- Porque nada levaremos deste mundo.

I Tm. 6.7: Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada poderemos levar dele.

- Amados aquele que se glorie, se glorie no Senhor.

II Co. 10.17: Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor.

- É de Deus que vem a nossa salvação.

- Ele é o nosso Criador e mantenedor.

- É Deus que nos dá o ar que respiramos.

- É Deus que nos dá o folego de vida.

At.17.28: Porque nele viemos, e nos movemos, e existimos, como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.

- Amados, somos de Deus e toda a glória seja dada a Deus.

- Herodes morreu comido de bicho, por não dar glória a Deus.

At. 12.21-23: E, num dia designado, vestindo Herodes as vestes reais, estava assentado no tribunal e lhes fez uma prática.

      E o povo exclamava: Voz de Deus, e não de homem!

      E, no mesmo instante, feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus; e, comido de bichos, expirou.

II- O Crente Deve Fazer Tudo Para Glória de Deus.

V. 31: Portanto quer comais quer bebais ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.

      Encontra-se aqui a grande regra normativa para toda a conduta cristã, o princípio que norteia a conduta ideal, inspirada por Cristo.

- Jesus nos deu um grande ensinamento na oração sacerdotal.

Jo. 17.10: E todas as minhas coisas são tuas e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado.

- Jesus não se sentia dono de nada, Ele dizia: Todas as minhas coisas são do Pai.

- Tudo que Jesus fazia era para glorificar ao Pai.

- A pregação de Jesus; seus ensinamentos; suas obras; seus milagres, era feito para glorificar a Deus.

- Nós crentes devemos aprender com Jesus.

- Você tem glorificado a Deus em tudo que você tem feito?

- Você tem glorificado a Deus na sua família?

- Você tem glorificado a Deus no seu trabalho?

- Você tem glorificado a Deus junto aos seus amigos?

- Você tem glorificado a Deus em suas viagens?

- O apóstolo Paulo tinha esta consciência.

Gl. 6.14: Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo.

- Paulo dizia: “O mundo está crucificado para mim”.

- Paulo está dizendo que não tem no que se gloriar nas coisas do mundo.

- Paulo estava dizendo que estava crucificado para o mundo.

- Esta deve ser a nossa posição: Estar crucificado para o mundo.

- Para as vaidades; para as obras da carne; para os desejos do mundo.

- Paulo estava fazendo grandes obras para Deus, ganhando muitas almas para Jesus e orado por muitos enfermos e serem curados.

- Mas Paulo dizia: “Longe de mim gloriar-me”.

- Paulo não requisitava a glória para si de suas obras.

- Paulo dava toda a glória a Deus.

- O crente pode se alegrar de Deus o usar.

- Mas toda a glória deve ser dada a Deus.

- Não se ache dono do dom que Deus te usa.

- Não se ache dono do grupo que você lidera.

- Não se ache dominante do grupo que você lidera.

- Não se ache dominante do grupo que você rege.

- Toda a glória deve ser dada a Deus.

III- O Crente é de Deus e Em tudo Deve Agradá-lo.

Cl. 3.3: Porque já estais mortos, e vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

- O crente agora em Cristo, deve morrer para o mundo.

- Agora somos de Deus, pertencemos a Deus e representamos a Deus nesse mundo.

- Temos uma grande responsabilidade como salvos em Cristo Jesus.

1- Quando você trabalhar trabalhe para glória de Deus.

2- Quando você estudar e se formar estude para a glória de Deus.

3- Quando você comprar um carro compre para a glória de Deus.

4- Quando você comprar uma casa compre para a glória de Deus.

- Eu sei que é você que vai usar, mas glorifique nessa aquisição e terá a benção de Deus.

- Muitas vezes temos a tendência de comprar um carro ou qualquer coisa, para se exibir para as pessoas, para nos gloriarmos.

- A nossa vaidade não agrada a Deus.

Tg. 4.6: Antes, dá maior graça. Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes.

- Deus tem o prazer de abençoar ao crente que o glorifica em tudo o que faz.

- Davi tinha riqueza e um grande exército ao seu comando, Mas Davi dependia de Deus, e sempre dava gloria a Deus.

- Quando Davi lutou com o gigante Golias, Davi disse: Eu vou a ti em nome do Senhor dos Exércitos de Israel.

- Davi tinha habilidade com a funda.

- Mas Davi não confiou em suas habilidades, Davi confiou em Deus.

- José deu glória a Deus no dom que Deus o usava.

Gn. 41.16: E respondeu José a Faraó, dizendo: Isso não está em mim; Deus dará resposta de paz a Faraó.

- José reconheceu que o dom de interpretação de sonhos não estava nele, era de Deus, e Ele manifestava na hora que Deus achasse melhor.

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos