Home
 
 
 
 
 
 
 

13/02/2021

                                 Espelhos da Glória de Deus                                

II Co. 3.18

Int.: O Apóstolo Paulo, autor de várias epístolas contidas na Bíblia inclusive 2 Coríntios, é usado por Deus nessa passagem para nos comparar com espelhos.

      Qual é a característica especial desse artefato que leva Paulo a fazer essa analogia?

      O espelho é um aparato que usamos no dia a dia, cuja característica mais especial é a capacidade de reflexão.

      Deus nos comparou com espelhos, porque está á procura de pessoas que reflitam a glória dele nesta terra. Ele quer usar as nossas vidas como instrumento para fazer maravilhas e testemunhar a respeito de Cristo para este mundo.

I- Em Cristo, Vemos Uma Série de Atitudes que Glorificam a Deus e Trazem Vidas Para o Reino de Deus.

      Por onde Cristo passava, multidões eram alcançadas pelo poder de Deus e viam milagres inexplicáveis: paralíticos andavam, o milagre da multiplicação dos pães, doentes há muito tempo eram curados, mortos ressuscitavam.

      Jesus, através de Sua Palavra, propôs um novo caminho: Ele é o caminho, a verdade e a vida. Todos que estão cansados e oprimidos podem ir até Ele e serão aliviados de suas opressões.

      O desafio de Deus é que sejamos espelhos preparados para refletir a vida de Jesus nessa terra, testemunhando a respeito de Seus feitos e sendo usados por Ele para fazer coisas ainda maiores.

      Porém, para que o espelho da sua vida reflita eficazmente a imagem de Cristo, é necessário verificar três situações:

1- Precisamos Estar Com a Cara Descoberta.

- Para refletir a imagem de Cristo, precisamos estar com o rosto descoberto.

      Se colocarmos um pano sobre o espelho, ele não irá refletir nenhuma imagem. O pano pode até ser bonito e chamar a atenção das pessoas, mas a principal característica do espelho será perdida.

      Nós não podemos usar máscaras! Muitas vezes, nos escondemos atrás de máscaras para passar uma imagem que não é real em nossas vidas.

      Temos comportamentos que achamos ser corretos na igreja, fingimos que está tudo bem, mas basta que alguém se aproxime um pouco mais para perceber que não há reflexão, há sim imitação.

- As pessoas do mundo não querem ver máscaras em nossas vidas. A nossa máscara não pode alterar a vida delas, mas o poder de Deus sim! Devemos retirar as máscaras e assumirmos as nossas fraquezas diante de Deus.

II Co. 12.9: E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

      Deus quer se mostrar forte nas nossas fraquezas! Ele quer que dependamos dele e o poder para refletir a Sua imagem será derramado sobre as nossas vidas.

2- Precisamos Se Espelhos Limpos.

      Para refletir plenamente uma imagem, o espelho precisa estar limpo. Experimente ver seu rosto no espelho do banheiro após tomar aquele banho quente. É impossível!

      Normalmente, quando retiramos a máscara, o pano de cima do espelho, encontramos por baixo um espelho sujo.

      Nos envolvemos com coisas que desagradam a Deus: amizades erradas, desobediência, inveja, cobiça.

- Mas temos um Deus que nos ama e nos perdoa.

I Jo. 1.9: Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.

      Precisamos nos achegar ao nosso Deus que é fiel e justo, confessar os nossos erros e Ele irá nos purificar de todo o pecado. E a partir daí, precisamos tomar um outro rumo, um outro tipo de comportamento em nossas vidas!

- Devemos nos vestir com o novo homem, segundo a imagem de Cristo.

Cl. 3.10: E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.

3- Precisamos Permanecer Olhando Para Jesus.

      Em determinados momentos, em tempos de dificuldades ou mesmo quando está tudo bem, deixamos de olhar para Jesus.

- Se você tirar o espelho de perto da fonte de luz, ele não conseguirá refletir!

- Nós, como bons filhos e que queremos refletir a imagem do Senhor, não podemos nos afastar dele.

- Pelo contrário, precisamos estar sempre em contato com Ele, sendo tocados e ensinados pela sua presença. O nosso relacionamento com Deus precisa ser diário.

Hb. 12.2: Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se a destra do trono de Deus.

- Jesus é o nosso exemplo, a quem nós devemos espelhar.

- Jesus é a razão da nossa salvação e da nossa nova comunhão com Deus.

- Quando espelhamos a Jesus, o nome de Deus é glorificado na terra.

- Olhamos para Jesus, porque é dele que vem a nossa vitória e a luz de Deus para a nossa vida.

      Deus deseja usar as nossas vidas muito mais do que tem usado. Ele quer que a Sua vida esteja em nós, os Seus sonhos, a Sua maneira de ver, de pensar, de agir.

      À medida que refletimos a imagem de Cristo, somos transformados e nos tornamos mais parecidos com Ele.

- Somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

- É o Espírito Santo que opera essa transformação e manifesta a glória de Deus em nós.

      Esse deve ser o nosso objetivo: sermos a cada dia mais parecidos com Jesus!

- Deus quer te usar como espelho de Sua luz no meio das trevas deste mundo em que vivemos.

- Na sua casa, na sua rua, entre os seus amigos, a luz de Cristo deve brilhar em você e atrair pessoas para mais perto de Deus.

- Deus quer que nós reflitamos a sua glória.

Mt. 5.16: Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

- O crente através das suas obras e atitudes deve glorificar a Deus.

- No mundo o crente é observado pelas pessoas nas suas atitudes.

- O crente é a luz de Deus neste mundo.

Mt. 5.14: Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte.

- Em meio às densas trevas deste mundo, nós como servos de Deus, somos luz que alumia o mundo.

Fp. 2.15: Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.

  

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos