Home
 
 
 
 
 
 
 

08/01/2019

A Importância da Palavra de Deus na Vida do Crente

II Tm. 3.16,17

Int.- O crente aceita a Jesus como Salvador pessoal, sua vida é transformada, ele passa pelo processo do novo nascimento; o crente nasce para Deus. O crente inicia uma vida de comunhão com Deus para poder chegar nas mansões celestiais, no dia do arrebatamento da Igreja.

      O crente salvo inicia o processo de santificação, que só vai terminar no céu.

I Pe. 1.16: Porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.

      Na jornada do crente em direção ao céu, o crente deve buscar a edificação, ou seja, o crescimento espiritual, a maturidade, e essa edificação só vêm, buscando a Deus em oração e meditando na Palavra de Deus.

Jd. 20: Mas vós, amados, e edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo.

      O crente não pode ficar estagnado espiritualmente, o crente precisa crescer; não pode ser uma criança espiritualmente a vida toda; o crente não pode ser um anão espiritualmente; o crente não pode ser raquítico espiritualmente.

- É dever de todo crente crescer espiritualmente, senão as lutas e os problemas irão te tirar da presença de Deus.

I Pe. 2.2: Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo.

I Pe. 2.5: Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.

- Somos edificados casa espiritual agradáveis a Deus por Jesus Cristo.

- E essa casa precisa ser ornada a cada dia pela presença do Espírito Santo.

II Pe. 3.18: Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém.

- O crente na sua fé precisa crescer na graça e conhecimento do Senhor Jesus Cristo.

- Isto é, o crente precisa crescer no poder de Deus.

- E o crente precisa crescer no conhecimento da Palavra de Deus.

- Quando o crente cresce nesses dois fatores ele está equilibrado.

I- O Primeiro Pilar da Edificação do Crente é a Oração.

- A oração é o respirar da vida espiritual do crente.

- A oração é a comunicação do crente com Deus.

- A oração é o combustível que mantém a chama do espírito acesa no coração do crente.

- Se faltar esse Pilar na vida do crente, ele fica desconectado com Deus.

Pv. 26.20: Sem lenha, o fogo se apagará; e, não havendo maldizente, cessará a contenda.

- A lenha representa a oração.

Lv. 6.13: O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará.

- O sacerdote tinha que remover a cinza da madeira queimada do altar e colocar lenha nova cada manhã.

- Mostrando que a vida do crente tem que ser de oração na presença de Deus.

Is. 55.6: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

- A oração vivifica o espírito do crente na presença de Deus.

- A oração renova as forças do crente na presença de Deus.

- A oração alimenta o crente espiritualmente.

- A oração coloca o crente na presença de Deus.

- A oração atrai as bênçãos de Deus na vida do crente.

Cl. 4.2: Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.

- Numa outra versão esse versículo diz: “Não se cansem de orar; perseverem nisso; estejam vigilantes e lembrem-se de ser gratos.”

- A única maneira de Deus operar em nossas necessidades, é contando elas na oração a Deus.

I Pe. 5.7: Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

- Deus se alegra quando o crente confia nele para resolver os seus problemas.

- Deus se alegra quando nós lançamos sobre Ele nossos problemas.

Sl. 37.5: Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.

- A oração é uma arma poderosíssima que o crente tem para usar.

- Na galeria dos heróis da fé do capítulo onze de hebreus, todos eles venceram através da oração.

- Foram homens que dependeram de Deus nos momentos mais difíceis das suas vidas e buscaram a Deus, e Deus lhes deu vitória.

II- O Segundo Pilar na Edificação do Crente é a Meditação da Palavra.

V. 16: Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça.

- Olha o efeito da Palavra na vida do crente.

- Primeiro ela é proveitosa para ensinar.

- A Palavra de Deus ensina o crente o caminho em que deve andar; como deve proceder; como deve se comportar como servo de Deus; como deve cultuar a Deus.

Sl. 119.9: Como purificará o mancebo o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.

- Quer dizer: A Palavra de Deus ensina o jovem a viver uma vida pura diante de Deus.

- A Palavra de Deus é proveitosa para redarguir, isto é, responder as dúvidas, as questões que o crente possa apresentar.

- A Palavra de Deus é proveitosa para corrigir o crente, ela tem palavra de exortação, de correção, de acerto para o crente.

Hb. 12.6: Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho.

- Deus também corrige aos seus filhos na Palavra.

- Não podemos fazer da Bíblia uma caixinha de promessa, só pegarmos as palavras de promessas, e as palavras de correção não aceitarmos.

- Temos que aceitar toda a Palavra de Deus para a nossa vida.

- A Palavra de Deus é proveitosa para instruir em justiça.

- A Palavra de Deus nos ensina a fazer o que é correto.

- Servimos a um Deus Santo e Reto, a sua Palavra é perfeita e justa.

- A Palavra de Deus é tão justa que até no curso de Direito é usado algumas passagens bíblicas.

Sl. 33.4: Porque a palavra do Senhor é reta, e todas as suas obras são fiéis.

V. 5: Ele ama a justiça e o juízo; a terra está cheia da bondade do Senhor.

- O crente que ama meditar na Palavra de Deus, está se alimentando do melhor desta terra.

Sl. 119.97: Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia.

- O salmista se deliciava diariamente com a Palavra de Deus.

V. 17: Para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

- Qual o beneficio final que a meditação na Palavra de Deus vai trazer ao crente?

- Primeiro, para que o homem de Deus seja perfeito como um crente servindo a Deus, que não tenha nada do que se envergonhar.

- Segundo, para que seja perfeitamente instruído para toda boa obra.

- Quer dizer: Que o crente esteja preparado para fazer a obra de Deus.

- E o crente vai se aperfeiçoar no conhecimento da Palavra de Deus: Meditando na Palavra em sua casa, frequentando os Cultos de Doutrina e frequentando a Escola Dominical e os demais cultos da igreja.

Js. 1.8: Não se aparte da tua boca o livro desta lei, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e então prudentemente te conduzirás.

- Deus aconselhou a Josué depois da morte de Moisés com estas palavras.

- Aqui está dizendo: “Então farás prosperar o teu caminho”.

- Se você fizer conforme está na Palavra de Deus, então você vai prosperar.

- Quando o crente dá importância a Palavra de Deus e a pratica, o crente prospera.

- O crente não pode errar menosprezando a Palavra de Deus.

Mt. 22.29: Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.

- A Palavra de Deus é um farol que ilumina a nossa estrada.

- A Palavra de Deus é luz que ilumina nossos pés.

Sl. 119.105: Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.

- Quer dizer: A Palavra de Deus vai orientando o crente na sua jornada nessa vida.

Conclusão: O crente para ter um andar equilibrado, essas duas coisas precisam andar juntas: A oração e a meditação da Palavra.

- A vida de fé do crente é como andar de bicicleta, tem dois pedais, e precisa pedalar sempre, senão a bicicleta desequilibra e cai.

I Co. 10.12: Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos