Home
 
 
 
 
 
 
 

                                                                                 05/01/2020

Chamado Para Ser Um Homem de Deus

                               II Tm. 3.16,17

Int.- O Apóstolo Paulo escreveu treze Epístolas, sendo três delas, epístolas pastorais, escritas a ministros responsáveis por igrejas importantes. São Elas I e II Timóteo e Tito.

      Depois de ter escrito a primeira epístola a Timóteo, Paulo foi preso novamente, na Grécia ou na Ásia Menor, e enviado para Roma, dessa vez como criminoso.

II Tm. 2.9: Pelo que sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.

      Enquanto aguardava numa prisão romana o tempo da sua partida, Paulo escreveu sua última carta ao seu amado filho no Evangelho, Timóteo.

- Em I Timóteo, Paulo ordena um Evangelho íntegro.

- Em II Timóteo, Paulo ordena uma vida íntegra.

- Em I Timóteo, Paulo diz: Guarda a doutrina que é a nossa mensagem de Deus.

- Em II Timóteo, Paulo diz: Guarda o testemunho, que é a nossa vida de Deus.

- Timóteo converteu-se cedo ao Senhor.

1- A casa de seus pais.

- Ficava em Listra.

- Sua mãe e sua avó eram crentes.

- Sua educação era segundo a Escritura Sagrada.

2- Sua conversão.

- Certamente foi durante sua adolescência.

- Paulo foi seu pai espiritual.

- Paulo não somente o levou a Jesus, como a Onésimo, mas também cuidou dele.

3- Seu caráter era nobre e genuíno.

- Timóteo estudava a Escritura.

- Estudiosos dedicados da Escritura, sempre são homens nobres, porque a Escritura santifica e purifica o leitor.

- Timóteo era singular na sua conduta. Não vivia para si, mas para os outros.

4- Seu ministério.

- Era muito estimado.

- Paulo chamou-o seu filho, um soldado, atleta e o comparou com um

lavrador.

- Timóteo servia como evangelista.

- Foi ancião e mestre.

- Foi aprovado no serviço do Senhor.

      Como é maravilhoso para o obreiro ser aprovado no serviço do Senhor.

II Tm. 2.15: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

- Paulo era um grande mestre e ensinador da Palavra de Deus, e procurava formar obreiros que manejassem bem a palavra da verdade.

- Para Paulo o obreiro tem que manejar com habilidade a Palavra de Deus.

I- O Homem de Deus é Exortado a Ser Instruído nas Escrituras Sagradas.

V. 14: Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido.

- Paulo orientava a Timóteo a não desviar a sua mente de forma alguma daquilo que ele aprendeu.

- Paulo dizia, não esquece a sua formação.

- Não se esqueça de quem você aprendeu as Sagradas Escrituras.

V. 15: E que, desde a tua meninice, sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.

- Paulo revela a Timóteo o valor e a importância das Sagradas Escrituras para a salvação eterna.

V. 16: Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça.

V. 17: Para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

      Esses dois versículos na versão da Bíblia Viva diz:

- “Toda a Escritura nos foi dada por inspiração de Deus e é útil para nos ensinar o que é verdadeiro e para nos fazer compreender o que está errado em nossas vidas; ela nos endireita e nos ajuda a fazer o que é correto”.

- “Ela é o meio que Deus utiliza para nos tornar bem preparados em todos os pontos, perfeitamente habilitados para toda boa obra”.

- Paulo estava ensinando a Timóteo como ser um homem de Deus perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

II- O Obreiro Recebe a Revelação da Palavra de Deus.

- Ao obreiro Deus dá entendimento na Sua Palavra.

V. 16: Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça.

- Paulo afirma aqui que a Escritura é inspirada por Deus.

- A palavra “inspirada” no grego é theopneustos que provém de duas palavras gregas: Theos, que significa “Deus”, e pneus, que significa “soprar”.

- Sendo assim “inspirada” significa “soprada por Deus”.

- Toda a Escritura é soprada por Deus; é a própria vida e Palavra de Deus.

- As Escrituras podem ser reputadas aqui como o sopro de Deus, que infunde vida a tudo quanto atinge.

- O sopro de Deus trás vida as Sagradas Escrituras.

- A Bíblia, nas palavras dos seus manuscritos originais, não contém erro; sendo absolutamente verdadeira, fidedigna e infalível.

- Esta verdade permanece inabalável para sempre.

- Os escritores do Antigo Testamento estavam conscientes de que o que disseram ao povo e o que escreveram é a Palavra de Deus

- Jesus também ensinou que a Escritura é a inspirada Palavra de Deus até em seus mínimos detalhes.

- Negar a inspiração das Sagradas Escrituras é desprezar o testemunho fundamental de Jesus Cristo.

- A inspirada Palavra de Deus é a expressão da sabedoria e do caráter de Deus e pode transmitir sabedoria e vida espiritual através da fé em Jesus Cristo.

- As Sagradas Escrituras são o testemunho infalível e verdadeiro de Deus, na sua atividade salvífica a favor da humanidade, em Cristo Jesus.

- Só podemos entender devidamente a Bíblia se estivermos em harmonia com o Espírito Santo.

- É Ele quem abre as nossas mentes para compreendermos o seu sentido, e quem dá testemunho em nosso interior da sua autoridade.

- Paulo está dizendo aqui que a Palavra de Deus vai ensinar, vai redarguir, vai corrigir e vai instruir em justiça, todo homem de Deus.

- Paulo está dizendo que toda a Escritura é proveitosa e útil para o homem de Deus.

- A Palavra de Deus é poderosa para transformar as nossas vidas.

III- Paulo Dá as Quatro Ferramentas Que as Escrituras Operam Em Nós.

1- Ela é Proveitosa Para Ensinar ou Doutrinar.

- No grego essa palavra é um substantivo didaskalia que significa doutrinar.

- A Palavra de Deus é a nossa doutrinadora para servirmos melhor a Deus.

- Somos ensinados por Deus através da Sua Palavra.

Sl. 32.8: Instruir-te-ei e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.

- Deus guia aqueles a aquém Ele chama.

I Jo. 2.27: E a unção, que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.

- A ferramenta do obreiro é a Bíblia Sagrada.

- O obreiro deve se especializar no conhecimento da Palavra de Deus.

II Tm. 2.15: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

- Como obreiro você maneja bem a Palavra da verdade?

II Pe. 3.18: Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

2- Ela é Proveitosa Para Redarguir ou Repreender.

- A Bíblia é proveitosa também para repreensão.

- Isto significa que a Bíblia é apta para nos mostrar se nós estamos errados e onde estamos errando.

- As Escrituras nos repreendem devido às nossas transgressões; têm uma função corretiva aplicável às ações morais.

- Deus fala conosco pela Sua Palavra para deixarmos o caminho errado e seguirmos pelo caminho da justiça.

- Como homens de Deus somos repreendidos pela Sua Palavra a cada dia.

- Deus nos repreende pela Sua Palavra para o nosso bem.

- Quem não gosta de ser repreendido pelo Senhor através da Sua Palavra é filho bastardo.

- Deus nos ama é quer nos aperfeiçoar para a Sua obra.

- Deixe a Palavra de Deus te aprumar para o Reino de Deus.

3- Ela é Proveitosa Para Corrigir.

- No original grego é epanortkosis, que significa correção, aprimoramento.

- Correção é sempre um complemento necessário para a repreensão.

- Com a correção nós vemos onde nós estamos errados, enquanto que com a correção nós sabemos o que é o certo a fazer.

Hb. 12.6: Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho.

- A quem Deus ama, Ele corrige para o aprimoramento desse obreiro.

- A quem Deus aposta para usar, Ele corrige.

- Ser corrigido por Deus e pela Sua Palavra é a melhor coisa para o obreiro.

- Da mesma forma acontece conosco, em quem nós amamos e temos esperança nós exortamos.

Pv. 3.12: Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem.

- A correção de Deus na vida do obreiro é benção para Deus o usar.

- Não dá para fazer a obra de Deus com incorreções em nossa vida.

- O obreiro precisa passar no prumo de Deus para fazer a Sua obra.

- Muitas vezes o obreiro quer fazer a obra de Deus sem sofrer as aflições como obreiro.

II Tm. 2.3: Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.

- As aflições leva o obreiro ao amadurecimento.

- As aflições tiram o orgulho do coração do obreiro.

- O obreiro aprende importantes lições no sofrimento.

II Tm. 2.24: E ao servo do Senhor não convém contender, mas, sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor.

- Preste atenção aqui na palavra sofredor.

- O obreiro precisa entender que o sofrimento vem no pacote de ser obreiro, não tem como rejeitar isso na sua vida.

- Paulo sofreu com um espinho em sua carne da parte de Deus, mas esse espinho visava tirar o orgulho e a soberba do coração de Paulo.

- Deus investe naquele que Ele chama, Deus cuida em todos os sentidos, para que o obreiro de o melhor de si na obra de Deus.

- Amado, ser corrigido por Deus é um bem grandioso para o obreiro.

- Se Deus está te corrigindo é porque Ele aposta em você, Ele tem esperança em você.

4- Ela é Proveitosa Para Instruir Em Justiça.

- No grego instruir é paideia, que significa educação, treinamento, disciplina, instrução.

- Justiça no grego é dikaiosune que fica indicado o treinamento naquilo que é reto.

- No sentido cristão, praticar o que é reto consiste em cultivar o caráter moral de Cristo.

- Essa justiça é de Deus, mas também é tornada nossa, na proporção em que vamos sendo moralmente transformados segundo a imagem de Cristo.

- O Espírito Santo cria no obreiro a sua natureza moral e disso é que consiste a autêntica retidão divina, a única aceitável pelo Senhor Deus.

- As Escrituras Sagradas revelam-nos o que Deus espera de nossa parte.

- Instruir em justiça é aprender da forma correta, com retidão de caráter.

- Como obreiros e homens de Deus, Deus espera que façamos a diferença nesse mundo.

- O obreiro precisa agir com justiça, com retidão.

- O obreiro precisa ser formado na forja de Deus.

- José passou um período de aproximadamente 13 anos, desde a cova jogado pelos seus irmãos, até a prisão no Egito, para ser usado por Deus como governador do Egito.

- Moisés ficou quarenta anos no deserto, sendo formado por Deus para ser o libertador do povo hebreu.

- Paulo passou três anos na Arábia em treinamento, quando foi chamado por Deus para ser o apóstolo aos gentios.

- Deus treina e forma aqueles que Ele chama para a Sua obra.

- Se você está passando por um deserto, se anima, Deus está te formando para grandes obras.

- O propósito de Deus é te moldar segundo a Sua vontade para uma grande obra.

- Não tem como ser usado por Deus, sem passar pelo deserto.

- A Escola de Deus é benção na sua vida.

Ef. 4.12: Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo.

V. 15: Antes, seguindo a verdade em caridade, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

- Deus quer que o obreiro cresça na instrução da justiça para a edificação da Igreja de Cristo.

IV- O Obreiro Deve Buscar a Perfeição de Deus.

V. 17: Para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

- A expressão “homem de Deus” indica o autêntico ministro de Cristo.

- Alguém que recebera autoridade da parte de Cristo para propagar o evangelho.

- Ser homem de Deus é ser porta voz da Sua mensagem.

- Ser homem de Deus é estar em intimidade com Deus.

- Ser homem de Deus é ser o representante de Deus nesta terra.

- A razão pela qual Deus deu a Bíblia, que é útil para todas estas coisas, é para que o homem de Deus seja perfeito.

- Esses dois versículos que nós lemos nos diz que a Bíblia foi dada para que o homem de Deus seja completamente equipado para toda boa obra.

- A Bíblia Sagrada é a ferramenta do obreiro.

- A palavra perfeito no grego é artios, que significa capaz, eficiente, completo.

- O obreiro apropriado com a Bíblia Sagrada, é capaz de satisfazer todas as exigências que lhe forem impostas como ministro de Cristo.

- A santidade pessoal do ministro do evangelho, a sua eficiência no conhecimento bíblico, a sua utilidade nos dons espirituais, tudo faz parte desse aprimoramento.

- E esse aprimoramento ocorre através do Espírito Santo de Deus.

- No versículo diz que o homem de Deus seja perfeitamente instruído.

- No original grego é eksertismenos, que significa equipar, completar, fornecer.

- O homem de Deus deve ser equipado espiritualmente, através de sua dedicação a Cristo, mediante as Sagradas Escrituras.

- E isso é uma operação constante que deve ocorrer na vida do obreiro.

- No versículo diz: “Para toda boa obra”.

- O ministro de Deus não é apenas um teólogo teórico.

- O obreiro não deve ser apenas um hábil conhecedor das Escrituras.

- Antes, toda a sua espiritualidade e conhecimento visará às boas obras.

Tg. 2.17: Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma.

- Que os obreiros dedicados às boas obras sejam formados mediante o uso correto das Sagradas Escrituras.

- Deus conta com você como obreiro de Deus.

II Tm. 2.21: De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda boa obra.

- Paulo aqui específica um dos principais ingredientes necessários para fazer um homem de Deus útil, ou seja, a limpeza e distância das más influências e do mau comportamento.

- O homem de Deus para ser usado por Deus, precisa viver uma vida de santificação.

- Um grande pregador disse: “Um homem santo é uma arma poderosa nas mãos de Deus”.

- Deus não pode usar um vaso que não seja santificado.

- Você obreiro de Deus tenha o seu vaso em santificação e honra do Senhor.

- Deus quer usar a tua vida neste novo ano de uma maneira extraordinária.

- Encha o teu vaso de azeite e realize a obra de Deus.

- Deus quer usar a tua vida como um canal de benção para muitas vidas.

- Se coloque nas mãos de Deus para ser um instrumento de Deus nesse novo ano.

- Você terá muitas batalhas nesse novo ano, mas terá muitas vitórias também.

- Deus te chamou para ser um conquistador de almas.

- O céu estará aberto para aquele que estiver no centro da vontade de Deus.

- Deus tem uma grande obra para realizar nesse ano e te convida para ser usado por Ele nessa obra.

- Não deixe os embaraços da vida te impedirem de fazer a obra de Deus.

II Tm. 2.4: Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar aquele que o alistou para a guerra.

- Embaraço pode ser o trabalho em demasia.

- Embaraço pode ser a busca demasiada pelas coisas materiais.

- Embaraço é tudo aquilo que você coloca acima de Deus na tua vida.

- Seja uma benção nas mãos de Deus nesse novo ano.

- Deus quer te usar poderosamente.

 

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos