Home
 
 
 
 
 
 
 

                    01/03/20

Cântico de Júbilo Pela Presença de Deus

I Cr. 16.8

Int.: O rei Saul reinou em Israel por quarenta anos, foi um rei de acordo com a escolha dos homens. Teve o seu reinado falho e foi rejeitado por Deus.

      Davi reinou em Israel por quarenta anos, foi um rei de acordo com a escolha de Deus. Davi foi o melhor rei de Israel.

      Davi foi chamado por Deus ainda muito jovem, Davi era um pastor de ovelhas, foi chamado por Deus de detrás das ovelhas, para pastorear a nação de Israel.

      Davi teve experiências grandiosas que moldaram o seu caráter e o fizeram confiar em Deus.

      Quando ainda muito jovem, Davi matou um leão e um urso que atacaram as ovelhas de seu pai. Davi enfrentou o gigante Golias de mais de três metros de altura e o matou.

      Davi desde novo tinha muita comunhão com Deus.

      Davi se colocava na dependência de Deus.

      Quando Davi enfrentou o leão, o urso e o gigante Golias, Davi buscou forças em Deus.

      Davi disse para o gigante Golias: Eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel.

      Quando Davi se tornou rei de Israel e teve um grande exército ao seu comando, Davi continuou dependendo de Deus. E quando Davi enfrentava os exércitos das nações vizinhas, Davi consultava a Deus, para saber a vontade de Deus.

      Davi foi o rei mais vitorioso da nação de Israel, porque sempre confiava em Deus, e não no seu exército.

- Aqui está o segredo para uma vida vitoriosa: Confiar plenamente em Deus.

Sl. 37.5: Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.

- Davi está dizendo aqui: Entrega as tuas decisões a Deus, entrega o teu futuro a Deus, confia nele, e ele tudo fará.

- Deus se agrada quando confiamos nele.

At. 13.22: E, quando este foi retirado, lhes levantou como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, varão conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.

- Deus achou em Davi um homem que ele podia confiar.

- Como é maravilhoso ser bem quisto por Deus.

Sl. 101.6: Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam.

I- Davi Trás a Arca da Aliança Para Jerusalém.

      Quando Deus mandou Moisés construir o Tabernáculo, Deus mandou fazer na tenda o Santo dos Santos, e mandou fazer a Arca da Aliança, onde colocaria as Tabuas da Lei, e a colocaria no Santo dos Santos.

- Está Arca representava a presença de Deus.

- Ninguém podia chegar perto dela, somente o Sumo Sacerdote uma vez por ano.

- Quando Davi se tornou rei de Israel, ele soube que Deus estava abençoando a casa de Obede-Edom porque a Arca da Aliança estava na sua casa.

- Davi disse: Eu preciso que a Arca da Aliança esteja em Jerusalém, para que o meu reinado e toda a nação de Israel seja abençoada.

- Davi disse: Eu preciso da presença de Deus mais do que qualquer outra coisa.

- Davi disse:

Sl. 16.11: Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.

- Davi valorizava a presença de Deus mais que tudo na vida.

Sl. 27.4: Uma coisa pedi ao Senhor e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor e aprender no seu templo.

- Davi sabia o valor da presença de Deus na sua vida.

- O rei Davi convocou uma grande comitiva real e também de levitas e sacerdotes, para trazer a Arca da Aliança de Queriante-Jearim, da casa de Obede-Edom para Jerusalém.

- Davi fez uma grande festa neste dia em Jerusalém e convidou todo o povo.

- Davi armou uma tenda em Jerusalém para que fosse colocada a Arca da Aliança.

- E mandou oferecer holocaustos e sacrifícios pacíficos perante Deus.

- Davi fez um grande culto de Ações de Graças para Deus em Jerusalém.

V. 2: E, acabando Davi de oferecer os holocaustos e sacrifícios pacíficos, abençoou o povo em nome de Deus.

V. 3: E repartiu a todos em Israel, tanto a homens como a mulheres, a cada um, um pão, e um bom pedaço de carne, e um frasco de vinho.

II- Davi Entoa Um Cântico ao Senhor.

- Neste culto em Jerusalém os músicos tocaram os seus instrumentos: Alaúdes, harpas e trombetas e celebraram ao Senhor, Deus de Israel.

- Davi que era um músico e um salmista, compôs um salmo para louvar a Deus neste dia.

V. 8: Louvai ao Senhor, invocai o seu nome, fazei conhecidos entre os povos os seus feitos.

- Somente nesta primeira parte, Davi revela três princípios para o crente servir a Deus e estar na sua presença.

1- Primeiro ele fala: Louvai ao Senhor.

- Louvar a Deus a Deus é elogia-lo por Seus atributos.

- É adorar a Deus na sua presença.

- É reconhecer a Sua autoridade e Seu poder.

- É cantar hinos de adoração a Ele.

- É glorifica-lo por tudo o que Ele tem feito.

- Louvar ao Senhor é cultuar a Ele.

Sl. 9.1: Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as suas maravilhas.

- Deus criou o homem para louva-lo.

- Para reconhecê-lo em todos os seus caminhos.

- Mas o homem pecou e se afastou de Deus.

- Através do sacrifício vicário de Jesus Cristo na cruz do calvário, Deus tem chamado o homem de volta a Sua comunhão, para louva-lo.

Pv. 23.26: Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos.

- Deus quer habitar em teu coração.

- Quando damos o nosso coração para Deus, tudo muda em nossa vida.

- Deus passa a dirigir a nossa vida.

- Nos tornamos um adorador de Deus.

Sl. 33.1: Regozijai-vos no Senhor, vós, justos, pois aos retos convém o louvor.

- O Senhor te chamou para ser um adorador.

2- Segundo Davi diz: Invocai o seu nome.

- Invocar ao Senhor é orar a Ele.

- É buscar a Sua face em oração.

- Invocar ao Senhor é depender dele em sua vida.

- Só invoca a Deus quem acredita no seu poder e na Sua força.

- Só invoca a Deus quem tem intimidade com Ele.

Sl. 18.6: Na angústia, invoquei ao Senhor e clamei ao meu Deus; desde o seu templo ouviu a minha voz, e aos seus ouvidos chegou o meu clamor perante a sua face.

- Davi tinha intimidade com Deus, e na sua angústia invocava a Deus e era ouvido por Deus.

Sl. 34.17: Os justos clamam, e o Senhor os ouve e os livra de todas as suas angústias.

- Se nós não o invocarmos, não seremos ouvidos por Ele.

- A invocação a Deus é o meu de falarmos com Ele.

- Se você invocá-lo Ele vai te ouvir.

I Pe. 5.7: Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

- É na oração que você lança sobre o Senhor as tuas preocupações.

3- Terceiro Davi diz: Fazei conhecidos entre os povos os seus feitos.

- Davi está dizendo aqui: Dê testemunho de Deus.

- Conte para as pessoas o que Deus tem feito na sua vida.

- Se Deus tem sido maravilhoso na sua vida, reparta isso com as pessoas.

- Conte para as pessoas às maravilhas que Deus tem feito em sua vida.

- Não retenha as bênçãos de Deus somente na sua vida.

- Nos Salmos 9.1: Contarei todas as tuas maravilhas.

- As pessoas vão temer ao Senhor se souberem o que Deus fez em tua vida.

- Davi não deixava de contar as maravilhas de Deus.

- Davi fez todo Israel temer a Deus pelo seu testemunho.

- Amado, o teu testemunho é poderoso na terra.

Is. 43.10: Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e o meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

- Não te cales diante dos feitos de Deus.

- Ele é o Deus Todo Poderoso que tem agido em sua vida.

- O mundo está com sede de saber o que Deus tem feito em tua vida.

V. 12: Lembrai-vos das suas maravilhas que tem feito, dos seus prodígios, e dos juízos da sua boca.

Conclusão: Deus se agrada daquele servo que é grato a Ele.

V. 14: Ele é o Senhor, nosso Deus; em toda a terra estão os seus juízos.

 

 

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos